Planejamento escolar: o que é e como aplicar na sua instituição

Um planejamento escolar eficiente é o grande segredo para o sucesso de instituições de ensino. Isso porque é através desse plano de gestão que a escola determina estratégias para melhorar a qualidade de ensino e prospectar mais alunos.

Ainda que seja tão importante, muitas instituições ainda não possuem uma rotina definida de planejamento escolar.

Quer descobrir como fazer sua instituição crescer? Acompanhe neste artigo o que é e como fazer um planejamento escolar eficiente e focado em resultados!

O que é planejamento escolar?

O planejamento escolar é uma etapa fundamental, em que é produzido o plano de gestão da instituição de ensino. Esse plano deve servir como um mapa estratégico para as ações da escola durante o ano letivo, e leva em consideração o contexto e metas da instituição.

Muita gente confunde esse planejamento com o plano pedagógico. Apesar de estar correlacionado, a verdade é que o plano pedagógico nada mais é do que uma das etapas do próprio planejamento, que inclui todos os setores da instituição e visa definir de forma clara as ações que devem ser tomadas durante o ano.

Como você verá no próximo tópico, o planejamento escolar pode levar em consideração diversas metas. É possível que a escola queira aumentar o número de alunos matriculados, reduzir a evasão escolar, aumentar a média dos estudantes ou até mesmo expandir as operações da instituição.

Seja qual for o caso, é fundamental ter um plano de ação claro, que leve em consideração as estratégias necessárias para alcançar essas metas. Também é importante entender que esse planejamento inclui análises do mercado, análise do contexto da instituição de ensino, planejamento financeiro, estratégias de marketing e muito mais.

Como fazer um plano de gestão escolar eficiente? 5 passos simples

Um plano de gestão eficiente é o fruto de um bom planejamento escolar. Ainda que a ideia pareça simples – “planejar todas as operações da instituição de ensino” -, muitas instituições se perdem por não ter em mente passos fundamentais de um bom planejamento.

Abaixo, confira alguns dos passos que podem ajudar você a definir e cumprir o planejamento de forma realmente efetiva!

1. Defina metas

Você já sabe que o planejamento escolar tem como objetivo gerar um plano de ação concreto. Porém, não existe plano de gestão eficiente sem metas claras. E quando falamos em meta, não estamos nos referindo àquelas generalistas, como “aumentar o número de estudantes”.

É importante ter em mente que um bom plano de gestão escolar inclui metas claras e objetivas, que podem ser facilmente mensuradas no futuro. No exemplo que já demos, ao invés de “aumentar o número de estudantes”, o certo seria “aumentar em 25% o número de estudantes no início do ano letivo”.

Ou seja, é uma meta clara e pode ajudar a instituição a traçar as melhores estratégias para alcançá-la. Tenha metas como essas para os diversos setores da escola, desde o financeiro, até a coordenação.

2. Trace uma estratégia

Depois de traçar as metas e objetivos da gestão, o próximo passo é traçar as melhores estratégias para alcançar esses resultados. Isso significa pensar em conjunto, levar em consideração a situação do mercado e avaliar o que a concorrência está fazendo.

O objetivo aqui é inovar. Pense em soluções diferentes para alcançar as metas definidas pela primeira etapa do planejamento escolar. O que é necessário para aumentar em 25% o número de matrículas no próximo ano? Mais divulgação?

Defina essas estratégias e anote tudo. Não deixe que as metas e estratégias se percam com o tempo.

3. Inclua os diversos setores da instituição

Outro ponto fundamental para o sucesso do planejamento escolar é a inclusão de todos os setores da instituição no plano. Isso significa avaliar os dados de cada setor, e verificar como é possível melhorar a operação de cada um deles.

No setor financeiro, por exemplo, pode ser que tenha um problema recorrente de inadimplência. É possível definir metas para melhorar esse ponto e propor estratégias, em conjunto, que possam reduzir esse índice.

4. Monitore os resultados

Agora, uma das etapas fundamentais de qualquer planejamento escolar: a mensuração de resultados. Muitas instituições deixam essa etapa de lado e cometem graves erros de planejamento por isso.

O monitoramento de resultados é importante porque indica para a equipe se a instituição está seguindo o caminho certo, ou não. Se está faltando muito para que a escola alcance as metas que estipulou, significa que alguma estratégia não foi tão eficiente quanto deveria.

Além disso, dados importantes como a de evasão escolar, devem ser monitorados de forma recorrente para que a instituição responda com estratégias efetivas. Durante o ano letivo, é importante que a instituição acompanhe esses dados e promova ações para trazer esses estudantes de volta.

5. Tenha uma rotina de atualização do plano estratégico

Uma das etapas que fazem toda a diferença no planejamento escolar é a elaboração de uma rotina que visa atualizar o plano sempre que necessário. Após a mensuração de resultados, é necessário que a instituição identifique se está seguindo o caminho certo para alcançar as metas e, caso não esteja, defina novas estratégias para isso.

Isso garante um poder maior de reação aos problemas mais comuns enfrentados por instituições de ensino. Além disso, nenhum plano de gestão é perfeito, e as atualizações rotineiras do plano garantem que a escola alcance seus objetivos de forma eficiente.

E então, gostou das nossas dicas sobre planejamento escolar? Se quiser descobrir ainda mais sobre gestão educacional, nos acompanhe através das redes sociais e confira muitas outras dicas!



Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.