Como avaliar os alunos no método de sala de aula invertida? 

O método da sala de aula invertida tem conquistado espaço em instituições de ensino do mundo todo. Com técnicas específicas para incentivar o aprendizado autônomo no aluno, mesmo que seja cada vez mais utilizado, ainda gera dúvidas em muitos professores interessados em aplicar a metodologia.

Uma das dúvidas mais comuns é quanto à avaliação dos alunos. Afinal, em um método tão inovador, os antigos formatos de avaliação funcionam bem? A resposta para essa pergunta exige atenção, principalmente porque, apesar da metodologia ativa não abolir provas tradicionais, ela utiliza de outros formatos para explorar o aprendizado do aluno.

Continue lendo e confira algumas das técnicas mais utilizadas.

Como funciona a sala de aula invertida?

A sala de aula invertida, também conhecida como Flipped Classroom, é um modelo que visa engajar os alunos no estudo e desenvolver um estudo ativo. Isso significa que o professor atua muito mais como um mediador do conhecimento, oferecendo auxílio para responder as dúvidas que surgirem nos estudantes.

Todo o estudo do assunto é feito em casa, seja através de videoaulas, livros ou outros conteúdos. Já na sala de aula, o aluno terá contato com atividades e exercícios de fixação, além de contar com o auxílio do professor.

Nesse modelo, o papel do professor é ainda mais importante do que na metodologia de aula tradicional. Afinal, ele deve não só incentivar o estudo de cada aluno, mas também contemplar as necessidades de aprendizado deles.

E é nesse momento que pode surgir a grande dúvida: com uma metodologia que exige personalização e atenção para cada aluno, como fazer uma avaliação eficiente? Entenda no próximo tópico.

Quais os passos para avaliar os alunos na sala de aula invertida?

O sistema de avaliação da sala de aula invertida não precisa ser engessado. É possível explorar diferentes métodos de avaliação, inclusive da sala de aula tradicional, e adicionar algumas atividades que permitam que o professor observe o desempenho individual de cada aluno.

Estimule o trabalho em equipe

A sala de aula invertida tem como objetivo desenvolver no estudante um aprendizado ativo. Porém, esse não é o seu único papel. Desenvolver outras habilidades, inclusive interpessoais, também é importante.

Nesse caso, o trabalho em equipe é a melhor alternativa. Esse tipo de atividade garante que o aluno se desenvolva dentro do grupo, além de estimular a troca de conhecimento entre os participantes.

O professor precisa ficar atento a todas as fases do trabalho, e não apenas a apresentação, já que isso ajudará a fazer uma avaliação mais assertiva.

Além disso, observe não apenas as dificuldades do aluno, mas também a sua evolução dentro do projeto. Se ele não fez uma apresentação tão boa assim, mas mostrou que se desenvolveu muito desde o início da atividade, isso deve ser levado em consideração.

Dê ao aluno a possibilidade de autoavaliação

A autoavaliação sincera é um processo que exige do aluno não só conhecimento sobre o assunto, mas também noção de suas próprias dificuldades e desenvolvimento durante a disciplina. Claro, isso não significa que o professor simplesmente vai concordar com a nota dada pelo próprio aluno, mas é uma avaliação válida.

Outra possibilidade é você incentivar que os alunos avaliem uns aos outros durante as provas. No dia da aplicação da prova, faça com que um aluno corrija a prova do outro antes de entregá-la à você. Nesse caso, você vai avaliar o desempenho de ambos os estudantes, tanto de quem fez a prova, quanto também de quem corrigiu.

Faça testes e provas tradicionais

Porém, isso não significa que o professor deve aposentar os métodos tradicionais de avaliação, como os testes e provas. Proponha um formato de aplicação diferente, sem se basear em datas específicas (como o fim do bimestre) para a aplicação da prova.

É essencial que a turma esteja preparada para realizar a prova a qualquer momento, e não deixe para estudar apenas na véspera da avaliação, que é um problema comum da sala de aula tradicional. Experimente formatos em que um pequeno teste é aplicado toda vez que um assunto é finalizado, por exemplo.

Depois dessas dicas, avaliar os alunos no método de sala de aula invertida será muito mais fácil. Se você gostou das dicas, nos siga através das redes sociais e tenha acesso a mais informações sobre educação.



Deixe uma resposta