Black Friday e matrículas: como usar datas do comércio no relacionamento da sua instituição de ensino?

Com a pandemia, diversos setores readequaram suas estratégias para continuar prosperando no mercado – e a educação foi um deles. Um ano de muitas mudanças, marcado pela queda de receita em muitas instituições de ensino devido ao isolamento social, fez com que a gestão educacional se visse à frente de um grande desafio: utilizar os últimos meses do ano e o período de matrículas para 2021 como um fator atraente para a captação de novos alunos e a retenção dos antigos, mesmo em um período de crise.

Uma das ações que vem sendo cada vez mais adotadas pelas IEs é o uso de datas do comércio para oferecer benefícios, facilidades e condições especiais para quem sonha em ingressar nos estudos para sua carreira profissional. A Black Friday é uma delas.

Na área educacional, essa prática ainda é uma novidade e, por isso, muitos gestores escolares não sabem se devem ou não investir em um relacionamento com a sua base nesse período.

Descubra nesse conteúdo como aproveitar a Black Friday na educação para realizar a captação e a retenção de alunos aumentando as matrículas e rematrículas de sua instituição de ensino.

POR QUE INVESTIR EM AÇÕES DE BLACK FRIDAY NA SUA INSTITUIÇÃO DE ENSINO?

É comum no varejo o marketing sazonal atrair clientes. Mas, quando se trata na comercialização de serviços, é necessário pensar um pouco em como oferecer essas vantagens.

A Black Friday é um dos períodos mais aguardados do ano nos Estados Unidos, e acontece no dia seguinte ao Dia de Ação de Graças. A ação consiste na liquidação das lojas para queimar o estoque e iniciar um novo período de compras, antecipando o ciclo do Natal.

Devido ao seu sucesso e popularização, as instituições de ensino começaram a investir também, oferecendo descontos, promoções e outros benefícios aos seus alunos, como forma de gerar mais receita e reconhecimento da marca no mercado.

A Black Friday 2020 será uma oportunidade para as instituições que desejam recuperar a baixa na captação e retenção de alunos devido a pandemia ocorrer no final do ano, é a época ideal para investir em novas matrículas para o ano seguinte.

Uma pesquisa mostra que 63% das pessoas pretendem aproveitar as ofertas desse dia e 11% já estão aproveitando. Na Black Friday, as pessoas ficam mais propensas a comprar e procurar por produtos que consideram mais interessantes. Sem dúvidas, é uma oportunidade diferente e interessante de ser investida para cursos da sua instituição.

Muitas pessoas buscam expandir o seu portfólio de cursos. Que tal usar essa oportunidade para impulsionar alguns cursos livres? Para isso, algumas boas práticas podem ajudar e fazer de 2021 um ano próspero financeiramente — mesmo que o cenário de pandemia ainda esteja presente.

COMO UTILIZAR ESSA DATA COMERCIAL PARA AS MATRÍCULAS DE 2021 DA SUA IES?

Investir na Black Friday requer muito mais do que lançar descontos para o seu público. É necessário também planejar e estudar estratégias de como conquistar novos alunos e fidelizar os antigos.

É necessário que você crie um planejamento com quais ações implantará. Para isso, você precisa entender quais os diferenciais que sua instituição de ensino possui frente a concorrência e compreender que os descontos são apenas a “primeira impressão”, de forma a facilitar o contato dos prospects com a sua instituição e de forma a gerar uma nova e diferente experiência.

Aqui vai algumas ideias do que você pode oferecer para o seu público:

  • Descontos especiais em todos os cursos ou selecionar alguns específicos;
  • Descontos especiais para novas matrículas;
  • Programas de indicação, como “chame um amigo e ganhe 2 meses de mensalidade de graça”;
  • Oferecer um curso extra quando o aluno efetiva a matrícula.
  • Oferecer descontos para negociar e reduzir a inadimplência.

O importante é que você seja:

  • Transparente na oferta e mostre os valores e diferenciais da instituição;
  • Aposte na escassez, ou seja, na urgência de que esses descontos ou benefícios estão no ar por tempo limitado.
  • Lembre que para oferecer descontos e valores que sejam de fato atrativos para o público-alvo é preciso conhecer o ticket médio praticado pelo mercado, analisando as necessidades de seus próprios alunos e também da concorrência.

Para ganhar visibilidade invista na divulgação com estratégias de marketing digital: elaborando campanhas de comunicação nas mídias digitais, anúncios no Google, disparo de e-mails marketing e produzindo conteúdo de alto valor.

O QUE NÃO FAZER EM UMA AÇÃO DE BLACK FRIDAY?

  1. Fazer promoções enganosas ;
  2. Esquecer de calcular bem os valores dos descontos para depois não sair no prejuízo;
  3. Inventar informações sobre a instituição. Mantenha o foco na qualidade do serviço;
  4. Não apelar para a relação da instituição com seus alunos;
  5. Esquecer de mencionar os canais de atendimento para oferecer suporte e tirar as principais dúvidas, pois isso gera confiança no cliente que opta por realizar a compra por impulso, e faz com que seu negócio seja lembrado no momento da escolha.

Que tal reunir o time e pensar como aproveitar a data? Aproveite para fechar o ano com chave de ouro com as ações de Black Friday voltadas para a educação, gerando mais matrículas em 2021.



Deixe uma resposta