Gestão escolar: entenda a importância de ter diferenciais competitivos

Se a sua instituição de ensino está com dificuldades em captar alunos, repensar os seus diferenciais competitivos pode ser eficaz. Apesar de muitos gestores darem pouca atenção nesse detalhe, pensar ativamente sobre isso pode ajudar você a se destacar da concorrência e conquistar mais espaço no mercado.

Quando falamos em diferenciais, não estamos nos referindo a diferenciais óbvios como um  “bom ensino”, por exemplo. Bons diferenciais são fáceis de mensurar e fazem parte da visão que os próprios alunos têm da instituição de ensino.

Descubra abaixo a importância dos diferenciais competitivos e como investir neles para captar mais alunos.

Afinal, o que são diferenciais competitivos para instituições de ensino?

Em um mercado cada vez mais concorrido, os diferenciais competitivos não são mais uma opção, mas fundamentais para o crescimento da instituição. Isso se torna ainda mais importante se na sua região possui muitas instituições parecidas com a sua.

Se diferenciar apenas pelo preço, cobrando mais barato que a concorrência, não é o ideal. Se aparecer outra instituição cobrando ainda mais barato, por exemplo, você vai ter que cobrir o preço? A longo prazo essa estratégia não é sustentável.

Por isso, é importante que a sua instituição invista na construção de um branding focado em diferenciais competitivos claros, que façam parte da imagem que o público tem da escola.

Esses diferenciais competitivos podem perpassar por coisas como:

  • Ter os professores mais capacitados do mercado;
  • Ter uma boa infraestrutura, com laboratórios modernos;
  • Método de ensino diferenciado;
  • Preocupação com os resultados dos estudantes;
  • Outros.

O essencial é que esses diferenciais não façam parte apenas do marketing da instituição, mas, de fato, estejam presentes nela. Se a instituição costuma usar a gamificação na educação e isso traz resultados positivos para os alunos, é possível usar isso como um diferencial competitivo, por exemplo.

A sua escola precisa mesmo ter diferenciais?

Se você está pensando se é realmente necessário ter diferenciais competitivos, provavelmente ainda não deu uma boa olhada no mercado. Hoje, existe um número infinito de instituições de ensino, tanto com sedes presenciais quanto EAD, e a sua compete com muitas delas.

Ter diferenciais competitivos é uma forma de se destacar desta concorrência sem usar estratégias pouco sustentáveis. Diferenciais também ajudam na divulgação da escola, inclusive na divulgação boca a boca, que ainda traz um bom número de alunos para as instituições.

Como ter diferenciais competitivos?

Existem diversas formas de ter diferenciais competitivos. O primeiro passo é pensar ativamente sobre isso e planejar os próximos passos da instituição.

Porém, ainda que seja possível ter muitos diferenciais, existem alguns no setor da educação que se destacam e chamam mais a atenção dos alunos. Confira abaixo quais são eles!

Monitore o desempenho dos alunos

Os alunos querem resultados, e resultados claros. Não à toa, a preocupação com os estudantes é um dos diferenciais competitivos que se destacam, principalmente se a instituição não só monitora o desempenho, mas também possui métodos para melhorar o aprendizado de quem está com dificuldades.

Para isso, investir em tecnologia e softwares de gestão escolar pode ser fundamental. Softwares que disponibilizam informações importantes sobre o desempenho da turma, ajudando a coordenação a tomar decisões melhores sobre o ensino pode ser um bom auxílio.

Tenha um bom relacionamento com os alunos

O relacionamento com os alunos também é importante, e é um critério decisivo para muitos que estão buscando uma escola. Ter uma equipe bem treinada, que ofereça um atendimento exemplar e focado no estudante é importante, mas não deve ser a única preocupação da instituição.

Também é preciso que a instituição de ensino tenha uma comunicação eficiente, estreitando o relacionamento com os alunos e prospects.

Possua uma proposta de formação clara

Você sabe qual a proposta de formação da sua instituição? Caso não, está na hora de pensar nisso. Você pode se perguntar: o que o ensino da minha escola oferece que o diferencia de outras instituições? É o método de ensino? A experiência do corpo de docentes?

Existem várias propostas de formação e ter ela clara é uma maneira, também, de fazer um marketing mais eficiente. Algumas escolas, por exemplo, possuem como proposta professores com métodos mais ativos de ensino, focado em atividades práticas.

Outras, se diferenciam por proporcionar ao estudante de ensino superior a possibilidade de entrar no mercado de trabalho logo no início do curso. Você deve pensar naquilo que a sua instituição já oferece para os alunos e que pode ser explorado como diferencial.

Depois dessas dicas você está pronto para pensar nos diferenciais competitivos da sua instituição de ensino, certo? Se você gostou e quer mais informações para melhorar a gestão da sua escola, nos acompanhe através das redes sociais.



Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.