A comunicação entre a instituição, os alunos e os responsáveis

Manter uma comunicação escolar eficiente e garantir um contato efetivo tanto com o aluno quanto também com os responsáveis é uma tarefa difícil. E se torna um desafio ainda maior para turmas de estudantes que já estão na fase da adolescência, principalmente se os responsáveis já possuíam um histórico de pouco contato com a escola.

Os riscos disso são imensos tanto para estudantes de séries iniciais quanto para aqueles que já estão mais avançados. Afinal, ainda que as instituições de ensino sejam um grande pilar para a educação e desenvolvimento dos alunos, a verdade é que muitos problemas não podem ser resolvidos pela escola sozinha.

Tem problemas com a comunicação escolar em sua instituição de ensino e quer descobrir como melhorar o contato com os alunos e responsáveis? Nos acompanhe neste artigo e descubra a importância da família na escola e os passos para melhorar a comunicação desde já.

Como melhorar a comunicação escolar?

Uma comunicação eficiente entre a escola, os alunos e seus responsáveis é fundamental para garantir que todo processo de aprendizado seja tranquilo. Na fase da infância e adolescência, há ainda mais importância da família na escola, pois os responsáveis são peça fundamental para solucionar problemas relacionados ao aprendizado do estudante.

Mas em uma sociedade com adultos cada vez mais atarefados, o desafio de se comunicar com os responsáveis, e até mesmo com os próprios alunos, se torna ainda maior. Nesse momento, investir em algumas táticas simples e trabalhar em uma comunicação clara e direta é fundamental.

Abaixo, confira alguns passos que a sua instituição de ensino pode começar a implementar desde já para melhorar a comunicação escolar e tornar o ambiente de aprendizado ainda mais eficiente.

1. Apresente a instituição de ensino

Quando estamos nos referindo à comunicação entre escola e responsáveis, o segredo está em um diálogo aberto e completamente franco. Uma das maneiras de construir isso é desde o primeiro contato da família com a instituição de ensino.

Mostrar tudo o que a instituição possui e as instalações do estabelecimento, por exemplo, pode ser fundamental para criar uma primeira ponte com os responsáveis ou até mesmo com o próprio estudante, quando estamos nos referindo à cursos de ensino superior.

Esclarecer outros pontos fundamentais sobre a comunicação com a instituição também é uma boa dica nesse primeiro contato direto com o responsável e/ou estudante. Nesse caso, mostre-se aberto ao diálogo e avise que caso haja alguma dúvida ou problema, é só a pessoa entrar em contato.

2. Invista em canais de comunicação acessíveis

Já falamos que a falta de tempo dos adultos é um dos grandes motivos que podem dificultar a comunicação entre a instituição, o aluno ou responsável. Mas isso não significa que é um desafio intransponível ou que não existam maneiras de criar uma comunicação eficiente mesmo com esses problemas.

Investir em tecnologia é fundamental nesse processo. Ou seja, ao invés de tentar entrar em contato com a pessoa através de uma ligação, porque não mandar uma mensagem no WhatsApp com uma conta oficial da instituição?

Outras alternativas incluem criar uma estratégia de comunicação em que você primeiro envia um e-mail para a pessoa e aguarda o contato. Caso ela não responda, então, há uma segunda tentativa de contato através do WhatsApp. Em seguida, caso não funcione, você pode tentar uma ligação.

3. Marque reuniões presenciais

Agora, se o contato envolve um assunto sério, talvez seja melhor marcar uma reunião presencial. É importante lembrar que a instituição precisa se colocar ao dispor dos alunos ou responsáveis.

Por isso, tente abrir a possibilidade de atender a pessoa em um horário que esteja bom para ela, levando em consideração a agenda que possui. Se a reunião for individual, isso é ainda mais importante e vai mostrar que a instituição está disponível e aberta ao diálogo desde já.

4. Aposte em uma comunicação aberta e constante

A comunicação escolar pode se tornar ainda mais difícil se o contato entre a instituição e o aluno ou responsável se dá de forma muito esporádica. Acredite, não é necessário entrar em contato com ele todos os dias, e nem mesmo toda semana, mas ter um contato pelo menos mensal pode ser um grande diferencial.

Quando estamos falando de contato entre a instituição e responsáveis por uma criança que estuda no local, é ainda mais importante. Afinal, vai mostrar que a equipe se preocupa com o aluno e fazer os pais se sentirem mais presentes na educação do filho.

E então, está pronto para aplicar essas dicas de comunicação escolar na sua instituição de ensino e transformar o contato com alunos e responsáveis? Se você gostou das dicas, aproveite para nos seguir através das redes sociais e acompanhar nosso blog para ter muito mais informação sobre gestão!



Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.